Concurso GG promete eleger a gordinha mais bonita de São Paulo

Miss Plus Size 2011

Veja fotos do Miss Plus Size SP 2012Cheinhas mais bonitas da edição passada: Miss Sênior Márcia Sousa e Miss Principal Carla Manso

 

Publicidade

Dia 20 de outubro, acontece o Miss Plus Size Mulheres Reais 2012, em São Paulo, no Hotel Golden Tulip Belas Artes. O concurso vai eleger as duas gordinhas mais bonitas de São Paulo.

Divididas entre duas faixas etárias, de18 a 35 anos e de 36 e 50 anos, a misses vencedoras irão receber diversos prêmios. Entre eles, uma tiara criada pelo designer de jóias Denis Morais, vale-compras de grifes plus size e tratamentos estéticos.

Na edição passada, a jornalista Carla Manso e a empresária Márcia Sousa foram as escolhidas. Este ano, as inscrições estão abertas até o dia 25 de setembro.
O organizador do concurso, Adilton Amaral, acredita que as mulheres com manequim a partir do 46 mudaram bastante ao longo do tempo:

— As gordinhas deixaram de se esconder. Hoje estão mais confiantes em relação ao seu corpo e aprenderam a

valorizar a própria silhueta.: fonte:r7.com

Anúncios

Acerte o corte do seu cabelo

Curto, médio ou longo? Descubra, seguindo nosso guia, qual comprimento mais combina com você
Se o cabelo não está em ordem, não há roupa, brinco ou colar que dê jeito. Na verdade, ele é o grande acessório da produção feminina. E também o xodó da maioria das mulheres. Acertar no corte ressalta as qualidades do rosto, dá estilo e deixa a mulher mais segura. Para determinar as modelagens que funcionam melhor em cada caso, deve-se levar em conta a textura dos fios, o formato do rosto, o tipo físico e o tempo que cada pessoa tem para cuidar do visual. Também é necessário considerar o que cada corte diz a respeito de quem o exibe. Os longos são sinônimo de sensualidade, os curtíssimos demonstram confiança, os curtos dão um ar de feminilidade e os médios exalam uma idéia de luxo, de aparência bem cuidada. Conheça as opções e avalie a melhor para você.
Dica: Antes de definir o corte, veja fotos e converse muito com o seu cabeleireiro.
Curtíssimos
Características do cabelo
Combinam com a maioria dos tipos de fio. Ondulados e encaracolados de textura média ou grossa ganham modernidade se desfiados com navalha ou tesoura. Os crespos podem ser trabalhados de forma étnica e radical, e os lisos ficam melhores repicados. Se os seus cabelos são finíssimos, cuidado. Eles podem sumir se cortados rente à cabeça.
Peso e altura
Caem melhor em mulheres miúdas ou nas altas de corpo alongado.
Formato do rosto
Como salientam as feições, combinam mais com mulheres de aparência delicada. A maioria dos cabeleireiros não recomenda os curtinhos para quem tem traços muito marcantes. Se você for assim e quiser um visual ousado, adote-o. É preciso apenas se sentir segura.
Truque
Se você é adepta dos curtos, valorize os olhos com rímel e lápis escuro.
Mulheres maduras
Em tese, os cabelos longos caem melhor nas jovens, pois são sensuais. Porém, se você assume uma postura sexy e jovial, pode ostentar uma cabeleira farta e esvoaçante enquanto se sentir segura.

Curtos
Características do cabelo
Finos e médios são ideais para cortes na altura do queixo ou do pescoço e podem ser usados em cabelos lisos, ondulados e até enrolados – Ana Paula Arósio ficou linda desta maneira. O perigo é usá-lo em mechas espessas, volumosas e crespas, pois eles podem armar.
Peso e altura
O comprimento evidencia os quilos em excesso. Esses curtos não favorecem mulheres de formas andróginas. A feminilidade do corte contrasta desfavoravelmente com a postura corporal vigorosa.
Formato do rosto
Arredondados ou em forma de coração e com traços femininos ficam ótimos em comprimento intermediário. O corte, porém, se adapta às mais variadas situações. Uma franja comprida e jogada para o lado alonga rostos redondos, enquanto camadas repicadas na lateral suavizam maxilares quadrados.
Dica
Para um charme extra, peça ao cabeleireiro que crie repicados irregulares.

Médios
Características do cabelo
Todos os tipos se adaptam ao comprimento médio. Até mesmo os mais armados ficam bem na altura dos ombros. Quando atingem essa extensão, adquirem peso, perdendo corpo. É claro que o produto certo sempre ajuda. Modeladores e intensificadores de cachos domam ondulados rebeldes. Já os volumizadores aumentam a textura dos finos.
Peso e altura
O cabelo médio continua neutro. Ele cai bem em altas, magras, gordinhas e baixinhas, sem preconceito ou restrição.
Formato do rosto
Da mesma forma que fazem o maior sucesso em todo o universo de texturas, os médios se adaptam bem a qualquer característica facial. É preciso apenas fazer alguns ajustes no penteado, como acrescentar um leve desfiado nas pontas ou uma franja longa e repicada para suavizar expressões fortes, testas muito altas, narizes grandes ou traços arredondados.

Longos
Características do cabelo
Fios grossos e crespos ficam pesados e sem vida quando estão compridos. Os finíssimos podem ficar escorridos. Quem se encaixar em uma dessas descrições e quiser aderir ao longo tem duas saídas: repicar as pontas o que dá leveza ao encaracolado ou partir para um alongamento capilar, técnica que contribui para tornar as mechas mais cheias.
Peso e altura
Baixinhas, desistam. Os modelos extralongos achatam a silhueta. Estão liberados para quem está acima do peso.
Formato do rosto
Manter o cabelo longo é uma ótima alternativa para suavizar maxilares quadrados, bochechas redondas e faces largas. Camadas nas laterais ajudam a atenuar essas características. Mulheres de feições delicadas devem ficar atentas para que a beleza não desapareça sob a cabeleira.
Dica
Luzes e reflexos embelezam e suavizam mechas mais compridas.

Dicas de Lingerie para Gordinhas – Saiba como Valorizar seu Corpo

 

Lingerie são roupas íntimas capazes de levantar o astral, mesmo que estejam por baixo da roupa. Hoje em dia, as indústrias de lingerie estão preocupadas com estes detalhes e querem garantir a satisfação de suas clientes. Atualmente, inovações tecnológicas buscam maleabilidade e sustentação para peças do tamanho GG, por exemplo, deixando a mulher segura e ao mesmo tempo confortável.

lingerie para gordinhas

Você pode se sentir mais linda e sexy ao escolher a lingerie correta que destaque suas curvas e valorize seu corpo. Muitas marcas têm investido em peças especiais para gordinhas, com características modeladoras e recursos que auxiliam essas mulheres a obterem um visual mais atraente.

Os sutiãs de alças e costuras reforçadas, por exemplo, são ótimos para as garotas de seios grandes, pois proporcionam excelente sustentação. Já os sutiãs de bojo com aro, bolha ou espuma, proporcionam mais volume e são indicados para as gordinhas que têm seios pequenos. Os bojos com reguladores frontais ajudam a destacar os seios e deixam as mulheres ainda mais atraentes.

Outra peça ideal para as gordinhas é a cinta modeladora, pois corrige a postura, afina a cintura, reduz a silhueta em muitos centímetros, esconde imperfeições e deixa a mulher mais elegante e sensual.

Essas peças são feitas com materiais elásticos como a microfibra e o elastano, que possuem alta capacidade de absorção, proporcionam um toque suave e oferecem mais comodidade à mulher.

A cor da lingerie também é um elemento importante na hora da escolha. Algumas cores são melhores para o dia a dia, pois combinam com vários tons de roupa e não produzem marcas nas roupas de cima. Já as cores mais fortes e as peças estampadas são excelentes para uma noite especial com o parceiro.

As dicas são importantes, pois ajudam na compra de uma lingerie que seja adequada ao seu corpo, dando conforto e segurança na hora de usá-la.

Fonte: http://www.artigosenoticias.com.br/beleza/moda/dicas-de-lingerie-para-gordinhas-saiba-como-valorizar-seu-corpo

Após assalto, Miss Plus Size São Paulo é novamente coroada

 

Carla Manso recebeu a nova faixa na última quinta-feira (30), em São Paulo Do R7 Divulgação Veja modelos GG só de lingerie Após roubo, Carla Manso, a Miss Plus Size SP 2011, foi novamente coroada Publicidade Por esta a Miss Plus Size São Paulo não esperava. Recentemente, Carla Manso foi vítima de um assalto e precisou ser novamente coroada. A segunda premiação da miss aconteceu, na última quinta-feira (30), em São Paulo. Carla recebeu uma nova tiara de pedras brasileiras e uma nova faixa de cetim. O título oficial de Miss Plus Size São Paulo foi conquistado em novembro de 2011. Os acessórios originais foram roubados num assalto, após a participação da modelo GG em um desfile. Sem vergonhas! Modelos gordinhas desfilam só de biquíni “Sejam felizes com suas curvas”, diz Miss Plus Size SP A segunda coroação de Carla Manso foi conduzida pelo diretor do concurso, Adilton Amaral. — Carla tem sido uma ótima representante das mulheres reais. Ela defende a importância da autoestima e de encontrar o equilíbrio na busca pelo peso ideal.

 

Fonte: http://entretenimento.r7.com/moda-e-beleza/noticias/apos-assalto-miss-plus-size-sao-paulo-e-novamente-coroada-20120831.html?question=0

Gordinhas que se orgulham de seus corpos têm vida sexual mais satisfatória

24 de agosto de 2012 (Bibliomed).  Gordinhas que aprenderam a ignorar pressão social de serem magras e passaram a amar seus corpos como eles são têm vidas sexuais mais satisfatórias.

Pesquisadores da Texas Christian University (EUA) desenvolveram um estudo sobre o tema, selecionando 36 mulheres que se identificavam como “gordas”. Elas foram selecionadas através de organizações que promoviam a aceitação de tamanho e pesavam entre 98 e 227 quilos.

Os depoimentos das mulheres mostraram que quase todas já sentiram vergonha de seus corpos, se ridicularizaram e fizeram diversas tentativas de emagrecerem. Apesar disso, 72% das participantes do estudo (26 pessoas) aprenderam a aceitar o corpo que tinham e assim conseguiram iniciar relacionamentos amorosos mais satisfatórios.

Porém, nem todas estavam satisfeitas com seus pesos, e algumas afirmaram terem passado por experiências sexuais negativas ou se absterem completamente de sexo.

A literatura médica tem estudos que mostram que a auto-imagem corporal está relacionada a menor satisfação sexual, já que altos níveis de desconforto com o próprio corpo diminuem o prazer obtido com a relação, diminuindo também a excitação, a confiança e a auto-estima.

Como o estigma social contra pessoas que estão acima do peso é muito forte, mulheres gordas são especialmente suscetíveis a serem negativamente afetadas por essa questão. Elas são comumente identificadas pela sociedade como preguiçosas, feias e assexuadas.

Para elas, desenvolver orgulho de seus corpos é um ato que faz com que elas se sintam mais poderosas e consigam se concentrar em desenvolver relacionamentos consigo mesmas e com seus parceiros que sejam positivos do ponto de vista emocional e físico.

Desenvolver o amor próprio pode proteger mulheres passando por esse problema das mensagens negativas sendo veiculadas na mídia ou que circulam na sociedade. A ajuda de um profissional pode ser indicada em determinados casos.

A pesquisa foi publicada no periódico Fat Studies.

Fonte: Live Science, 21 de agosto de 2012.

Fonte: http://www.boasaude.com.br/news/index.cfm?news_id=9868&mode=browse

Mulheres de fibra

Por meio de algumas singelas palavras…
tentarei… mostrar… o quanto…
essas lindas mulheres…
são especiais em nossas vidas…

Mulheres de fibra… mulheres de coragem…
mulheres que pouco dão importancia…
aos preconceitos de um mundo…
regido pela falsa ditadura…

De uma magreza tão esquelética…
obrigando – as as suas ridículas doutrinas…
e elas… nos ensinando valiosas…
e importantes lições…

Que a felicidade é estar bem…
consigo mesmas e que independe…
de quaisquer formas e tamanhos…

Por isso digo – lhes…
Viva a mulher gordinha….
A VERDADEIRA MULHER BRASILEIRA…

 

 

 

Depoimentos de uma gordinha – Sthefany Rocha

Ah! O que é ser gordinha? Nossa! é muito show.. Eu Sempre fui gordinha.A criança das perninhas roliças, a minha infância foi triste,sofria muito bullying, e não era apenas dos “amiguinhos” era de todos. Fiquei meia neurotica com isso,mas nunca consegui emagrecer ,devido ao passar do tempo,vim me aceitando.

Encontrei um Site ” Gordinhas Lindas ” , e comecei a ler as postagens,que de imediato me fizeram bem,fiz uma conta e encontrei pessoas gordinhas de super alto astral,logo me senti em casa. E comecei a me aceitar aos poucos, sempre fui uma menina extrovertida, mas não era feliz com o meu corpo. Então entrando no nesse site me senti cada dia mais feliz . Passei a não ligar mais para as opiniões das pessoas,comecei a ser Sthefany.

Agora com o mercado Plus Size Explodindo , muito em alta..é mais fácil comprar roupas, ser elegante. Ando pela rua sem o menor problema,sem neuroses que o povo está me olhando e me xingando (porém existe o preconceito ainda,pouco mas existe). Sou uma Jovem de 18 anos, Imaginem no colegial as menininhas magrinhas,sempre falando em dieta e academia. As vezes é torturador,converso e digo a minha opinião. Sou uma gordinha,com muita saúde e feliz comigo mesma por inteiro.

GG com orgulho! Famosas agitam desfile de moda para gordinhas

Amauri Nehn/AgNews

Foto 1 de 10Elas são gordinhas e não ligam! Muito pelo contrário, desfilam suas curvas com o maior orgulho. Fabiana Karka, Rosi Campos e Renata levaram seu charme e simpatia para a passarela do Fashion Weekend Plus Size – FWPS

As fofinhas famosas desfilam todo o seu charme e simpatia para a passarela do Fashion Weekend Plus Size – FWPS

parabéns pela grande coragem e a cada dia mostramos que estamos além do preconceitos e de todos os obstáculos, pois esse é o mundo pelo qual lutamos, o mundo chamado GG

Precisamos acabar de uma vez por todas com isso!!!

Uma coisa é certa, é preciso e torna – se cada vez mais urgente combater esse mal, porque cada vez faz mais vitímas como se fosse um vírus, altamente letal, porque muda a vida dos seus alvos de maneira drástica, causando vários problemas em seu dia a dia.
É triste, completamente lamentável ver pessoas de uma grande beleza, excepcionais profissionais, serem recusados pelo mercado de trabalho, ou serem excluídos até do convívio social simplesmente por estarem acima do peso. Eu repudio isso, é inaceitável.

Vamos acompanhar essa matéria:

Estudo mostra como o preconceito afeta a vida dos obesos

O estudo aborda o nível de discriminação que os obesos sofrem Foto: Getty Images

” Gordura é uma questão de preconceito, afirma o site do jornal britânico The Guardian, em reportagem publicada nesta quinta-feira (3). Um estudo realizado pelas universidades de Manchester e Monash, de Melbourne, e publicado em abril no International Journal of Obesity, constatou níveis significativos de discriminação contra as pessoas gordas no trabalho, como a de que mulheres acima do peso têm mais chance de serem descriminadas quando se candidatam a uma vaga e ainda recebem melhores salários do que colegas magros quando estão começando.

Segundo o The Guardian, os dados não são nenhuma surpresa, já que a ideia da sociedade atual sobre gordura estaria ligada a indulgência, pobreza, desrespeito pela dignidade pessoal e desleixo. Além disso, seria tida como causa de doenças como câncer, ataques cardíacos e derrames. A ciência, porém, comprova o contrário. Em um estudo de 2005, conduzido por Katherine Flegal, do Centro de Controle de Doenças, nos EUA, descobriram que as pessoas na categoria de “acima do peso”, ou com IMC entre 25 e 30, demonstram uma menor taxa de morte do que os que estão no peso “normal”. Ser magro não é bom, nem ser gordo é ruim. Peso estável é o que evita problemas de saúde.

Para a publicação, ter vergonha da gordura é “um esporte novo e vicioso”. Jovens acima do peso na Geórgia têm tido suas fotos coladas em outdoors, por exemplo, como se fosse uma imagem de detento. Não é de se estranhar que os gordos são raramente incluídos em filmes ou na TV. Isso é refletido na busca por emprego, como constatou a pesquisa. A ideia de um corpo saudável é tão distorcida que os gordos são vistos como menos dignos, menos capazes e menos empregáveis, segundo a publicação, o que reforça a ideia de que gordura não é uma questão de saúde, é uma questão de preconceito. ”

Percebem o quanto isso é prejudicial? Até quando isso vai durar? Será que é preciso acontecer uma tragédia a um gordinho ou a uma gordinha para esse preconceito ter fim?

É urgente que façamos algo, deve – se trabalhar a questão desde a infancia, minuciosamente, estimulando a amizade e valorizando ainda mais essas pessoas que precisam de uma oportunidade pra mostrar todo o seu potencial, ainda escondido por esse atraso que ainda persiste em andar de maos dadas com a sociedade em que vivemos.
Até quando ainda passaremos por situações de total humilhação?
Cabe a cada um de nós responder urgentemente essa questão…

Fonte da matéria: http://saude.terra.com.br/estudo-mostra-preconceito-contra-obesos-no-trabalho,cc6a8c3d10f27310VgnCLD100000bbcceb0aRCRD.html